Gama Revista — Reportagens, entrevistas e colunas de opinião

Como vai o seu amor?

Mais perto do que nunca ou sem previsão de reencontro? Slow love, novos acordos, Martin Luther King e histórias de paixões arrebatadoras na edição da Semana

Ver edição

AS SEMANAS

Um assunto a cada sete dias

Dormiu bem?

EM BREVE

Como vai o seu amor?

LER EDIÇÃO

Como viver junto?

LER EDIÇÃO
  • Assistir |
    Penso, logo existo

    Se a quarentena nos deu tempo para algo, foi para pensar. E com isso em mente o “Os Pensadores”, curso que originou a Casa do Saber, retorna após mais de trinta edições para resumir o que os grandes filósofos disseram e pensaram em mais de dois mil anos de história. De Platão a Freud, passando por Hegel, Descartes e Merleau-Ponty, o curso é uma porta de entrada acessível, mas profunda, sobre o pensamento filosófico. Os encontros são onlines e acontecem toda quinta-feira, das 20h às 22h. As aulas começam no dia 2 de abril.

  • Ler |
    Autor de 'Sapiens' defende união contra pandemias

    Yuval Noah Harari, considerado por muitos o “guru do século XXI”, explica como a postura anti-ciência e anti-globalização de alguns governos facilitou o aumento da pandemia do COVID-19 e faz uma defesa sobre como a união dos povos pode ser eficaz no combate a pandemias e outros males. Originalmente um artigo para revista Time, “Na batalha contra o coronavírus, faltam líderes à humanidade” tem apenas 26 páginas, foi traduzido pela Companhia das Letras e está disponível gratuitamente na Amazon.

  • Ouvir |
    Quem tem Baco vai à rima

    Vinho, saúde mental e muito sexo. Pode parecer a descrição do deus romano Baco, mas são apenas os temas cantados por Baco Exu do Blues. Isso pode já ter virado meme na internet, mas o rapper baiano surfa no ódio das redes sociais e está de volta com seu novo EP “Não Tem Bacanal na Quarentena”. O terceiro álbum de Baco, “Bacanal”, estava previsto para este ano, mas o artista o adiou por conta da pandemia. Ainda com vontade de criar, juntou-se a alguns amigos e em três dias deu vida a nove músicas que formam o EP. Há referências à COVID-19, a panelaços contra Bolsonaro e até a Babu Santana, ator e participante do "Big Brother Brasil".

  • Assistir |
    Em festival LGBTQ+, o alfabeto se diverte

    A pandemia do COVID-19 não poupa ninguém, mas minorias são particularmente mais vulneráveis. Foi pensando nisso, e na necessidade de nos distrairmos enquanto confinados, que o coletivo sociocultural MARSHA! está organizando o Festival MARSHA! ENTRA NA SALA, uma celebração da comunidade LGBTQ+. O evento ocorre nos dia 4 e 5 de abril e conta com nomes como Mel Gonçalves, Linn da Quebrada e Liniker em mais de 20 horas de programação no YouTube e no Instagram. A festa é gratuita, mas é possível ajudar com os custos através de um financiamento coletivo cuja renda será redistribuída para as artistas do festival, assim como cestas básicas angariadas, que vão para pessoas LGBT carentes.

  • Ir |
    Para viagem, por favor

    Pedir comida por aplicativos tem sido uma maneira de apoiar restaurantes, um dos setores afetados pelo distanciamento social provocado pelo coronavírus. Mas e quanto aos restaurantes que não estão no iFood ou no Uber Eats? O site Não Deixe Fechar a Conta apresenta uma resposta para a pergunta. Sem fins lucrativos, a plataforma reúne restaurantes pequenos de todo o Brasil, separando-os por cidade. O site busca reconectar clientes com seus restaurantes favoritos, assim como garantir a existência dos estabelecimentos dos que ainda querem visitar no futuro pós-quarentena.