A vibrante noite paulistana de Madalena Schwartz — Gama Revista

Achamos que vale

  • Imagem de destaque do item da lista
    Ir |
    A vibrante noite paulistana de Madalena Schwartz

    A fotógrafa de ascendência húngara Madalena Schwartz, cuja obra está exposta no IMS, morava no centro de São Paulo, estrategicamente posicionada para registrar com suas lentes o rebuliço, a efervescência e a exuberância da noite: transformistas, travestis, um espectro maravilhoso de identidades, sexualidades e verdades. Entre os retratados estão Ney Matogrosso e os Dzi Croquettes. Ah, a saudade da aglomeração… (Guilherme Falcão)

    11 de Fevereiro de 2021
  • Imagem de destaque do item da lista
    Ler |
    Um papo com o homem que previu a internet

    Na década de 1980, o físico teórico e escritor Michael Goldhaber já havia previsto o futuro da internet com precisão. Da radicalização da política à cultura de influencers, o profeta da web previu Donald Trump e as redes sociais. Em entrevista ao New York Times, que definiu Goldhaber como “Cassandra da Internet”, o escritor explicou o caos em que nos metemos e o que podemos fazer para sair dele. (Daniel Vila Nova)

  • Imagem de destaque do item da lista
    Fazer |
    Aulas de arte no MoMA

    Se você é vidrado em arte, ter aulas no MoMA, o Museu de Arte Moderna de Nova York, já não é mais um sonho distante. A instituição abriu no site Coursera uma série de cursos online gratuitos em diversas áreas, da moda à arte contemporânea. São oito sessões com diferentes professores e legendas em português. Para quem faz questão de receber um certificado ao final, é preciso desembolsar um total de US$ 30 (cerca de R$ 160). (Leonardo Neiva)

  • Imagem de destaque do item da lista
    Assistir |
    A primeira vez de Bethânia

    É com os maiores hits de seu repertório, muitos de shows como Brasileirinho e Rosa dos Ventos, que Maria Bethânia estreia no mundo das lives, quase um ano depois do formato ter se tornado a única saída para a música ao vivo. Será transmitido neste sábado (13), às 22h, pela Globoplay, com sinal aberto para não-assinantes. Será a primeira vez que a baiana se apresenta sem ter aplausos e retorno do público em seus 56 anos de carreira. (Dandara Franco)

  • Imagem de destaque do item da lista
    Assistir |
    O clichê do ladrão sofisticado

    A nova série da Netflix, “Lupin” (2021), traz Omar Sy ("Os Intocáveis"), de volta às telas. Em busca de vingança por seu pai, o papel de ladrão culto o coloca sempre um passo à frente de seus rivais -- ainda que seja vítima de racismo, pois desta vez o gatuno elegante é negro. Entretenimento perfeito para o Brasil, a produção francesa traz um protagonista com cara de Robin Hood em um enredo simples mas com questões importantes. (Manuela Stelzer).

VER ANTERIORES >>