As melhores entrevistas da Gama em 2020 — Gama Revista
Conversas

As melhores entrevistas da Gama em 2020

No balanço de 2020, Gama relembra as conversas mais marcantes de seu primeiro ano

Daniel Vila Nova 30 de Dezembro de 2020
Guilherme Falcão

Gama nasceu no meio de uma pandemia, entre lockdowns, isolamento social e muito Google Meets. Mesmo com todas as dificuldades — talvez até por conta delas –, buscamos entender os dilemas do mundo de hoje. Conversamos com pessoas das mais diferentes áreas nos últimos meses. Teve neurocientista, apresentadora de TV, cantora, guru internacional da meditação, padre e até ex-jogador de futebol fictício.

Os temas também variaram muito: do futuro da arte, fomos a relacionamentos contemporâneos, passando por paternidade na quarentena, posicionamento político na internet e até as lições que devemos aprender com a atual pandemia.

Para fazer o balanço de 2020, Gama relembra as conversas que mais marcaram o primeiro ano de vida da revista.

“Quando você consome qualquer coisa, segue, ou dá um like – você tem noção do peso de um like? É como se você fosse sócia daquele post”

A blogueira de moda e empresária Camila Coutinho em um papo sobre cancelamento, internet e posicionamento político nas redes na Semana “A Internet tá funcionando?”


“O que me preocupa é essa sensação de alma lavada por conta de uma hashtag (…) As coisas importantes, sem a rua, não existem”

A psicanalista Vera Iaconelli fala sobre responsabilidade social e a importância das ruas em manifestações políticas na Semana “E você, faz política?”


“Vivemos hoje uma epidemia de burnout, a ponta final desse processo de exaustão do trabalho. Eu vejo isso como fruto do modelo econômico vigente, capitalista, que coloca a produtividade na frente da vida dos indivíduos”

A neurocientista Natália Mota explica como a busca pela produtividade extrema é perigosa na Semana “Cansou?”


© Divulgação

“Quem quer manter a alimentação saudável necessariamente precisa de pia suja. Sem pia suja não tem alimentação saudável”

A apresentadora de TV e fundadora do Panelinha Rita Lobo conversa sobre a importância de uma alimentação saudável e verdadeira na Semana “Quem faz o seu prato?”


© Julia Rodrigues (retrato) e May Tanferri (ilustração)

“Os maiores desafios com a paternidade? No meu caso, acho que é o excesso de vontade de proteger e entender quando eu tenho que deixar eles darem o passo, para eles experimentarem. Porque às vezes, antes de a criança andar, já estamos avisando que ela vai cair”

O ator Lázaro Ramos fala sobre os desafios e os aprendizados da paternidade na quarentena na Semana “O que é ser pai?”


“A centralidade que a educação teve na minha vida me permitiu chegar a lugares que meus antepassados não chegaram. E não cheguei como subalterno, mas sim com a capacidade e com a possibilidade de debater e discutir de igual para igual”

O escritor Itamar Vieira Junior detalha o processo de criação de “Torto Arado” e fala sobre racismo, religião e direito à terra


“O planeta está sendo destruído. Então, no fundo, todo mundo que o habita tem um nível elevado de ansiedade”

A escritora Ottessa Moshfegh fala sobre seus livros, sono e as principais causas de ansiedade nos dias de hoje na Semana “Dormiu bem?”


Veridiana Scarpelli

“Psicodélicos podem trazer uma nova perspectiva à vida”

O jornalista Michael Pollan sobre o renascimento das pesquisas médicas com a substância na Semana “Drogas: mudou de opinião?”


“Quando um casamento funciona bem hoje, funciona melhor do que nossos ancestrais jamais ousariam sonhar. Mas quando não funciona, parece menos suportável. Em certo sentido, o casamento é mais um investimento de alto risco do que costumava ser”

A historiadora Stephanie Coontz em um papo sobre o que há de novo nos relacionamentos contemporâneos na Semana “Como vai seu amor?”


“É muito fácil ignorar, não conseguir se engajar com alguém que não compartilha de nossas crenças. Quantas pessoas em Londres conseguem articular o porquê do Brexit? Nesse sentido, boa parte de nós vive em lugares extremamente cosmopolitas ao mesmo tempo que vive numa bolha”

O sociólogo Mario Luis Small discute desigualdade, a onda conservadora dos últimos anos e a convivência social na Semana “Como viver junto?”


“No caso da inovação, precisamos atentar para o impacto dos negócios ditos inovadores. Vivemos um agudo viés pró-inovação, como se ela sempre fosse positiva. E isso objetivamente não é verdade.”

A pesquisadora e professora Rita McGrath conversa sobre inovação e a bolha das startups na Semana “Inovar pra quê?”


©Fabrizio Lenci

“O que o mundo está vivendo hoje é o que pessoas pretas e trans já passam há muito tempo, que é o medo de sair de casa e morrer”

A atriz e cantora Jup do Bairro fala sobre representatividade, cancelamento e lugar de fala na Semana “Orgulho de quê?”


“A situação no mundo é tão grave em relação a estresse, trauma, que precisamos achar novas possibilidades de intervenção médica para lidar com tudo isso. Não virá de uma pílula mágica”

O escritor e principal nome da meditação transcendental no mundo Bob Roth discute o poder da meditação na Semana “E meditar, já tentou?”


Camilo Cassoli / Parece Cinema

“Quando há violência, não há diálogo. Todas essas vezes em que eu fui agredido, ameaçado, é porque o diálogo foi rompido”

O padre Júlio Lancelotti em uma conversa sobre luta, desigualdade e diálogo na Semana “Viu minha mensagem?”


“A arte sempre vai continuar, inventar novas formas de existir. Espero, tomara, que nós todos sejamos surpreendidos com uma outra forma de fazer arte daqui para frente”

O diretor da Pinacoteca Jochen Volz fala sobre os possíveis caminhos do futuro da arte


“Para mim o futuro da fotografia é uma representação 3D de alguém com memórias implantadas”

O fotógrafo e pesquisador Boris Kossoy conversa sobre o futuro das imagens


“Tínhamos a necessidade de expressar uma coisa dentro que não sabíamos como jogar pra fora, uma fuga, e a gente encontrou”

OsGêmeos falam sobre os cadernos de desenho que eles fazem desde a infância na seção Biografia Visual

Veridiana Scarpelli

“Para mudar, para ter algo novo realmente, uma outra posição diante de si mesmo e da vida, é ralação, trabalho”

Maria Homem, psicanalista, pesquisadora do Núcleo Diversitas da USP e professora da FAAP em uma conversa sobre a possibilidade de renovação na Semana “Como recomeçar?”


“Quem é o preto que tem a opção de desistir?”

A advogada e empresária dos Racionais MC Eliane Dias fala sobre sua carreira na seção Curriculum Vitae


“Numa sociedade que alija pessoas trans de serem amadas, a mulher trans vir falar de amor é se colocar no terreno da afetividade possível. E reivindicar essa afetividade.”

A vocalista da banda As Baías Assucena Assucena fala sobre a política em suas canções românticas


“A masculinidade é um delírio”

A artista visual Prili fala sobre o grupo Piratas de Gênero e a masculinidade


“Se você quiser; se você se esforçar; se você treinar; se você entrar de cabeça; se você se concentrar; nada garante que você vai conseguir”

O ex-jogador de futebol e apresentador de programa esportivo Craque Daniel, personagem de Daniel Furlan, conversa sobre sua trajetória pessoal e profissional


“Uma foto boa é uma foto íntima. Não é chegar apontando a câmera, uma coisa extremamente agressiva”

O fotojornalista Victor Moriyama em um papo sobre suas fotografias durante a quarentena e sua abordagem em campo


Divulgação

“Não sabemos quando [uma nova pandemia] irá acontecer, mas devemos nos preparar o mais rápido possível. É preciso aprender agora o que esquecemos de aprender no passado”

O escritor, médico e pesquisador Salvador Macip fala sobre o que devemos aprender se quisermos nos preparar para uma próxima pandemia


“Eu não estou soltando criminosos, estou soltando criminalizados a partir da leitura de que todo crime é um crime político”

O advogado Joel Luiz fala sobre sua trajetória, abolicionismo penal e suas ideias para transformar o sistema prisional brasileiro


Marilia Dias

“A branquitude ainda está em um lugar muito raso no que diz respeito à compreensão da complexidade do racismo enquanto sistema de dominação”

A pesquisadora e ativista do movimento negro Wiinie Bueno explica a importância da leitura como forma de emancipação da população negra


Quer mais dicas como essas no seu email?

Inscreva-se nas nossas newsletters

  • Todas as newsletters
  • Semana
  • A mais lida
  • Nossas escolhas
  • Achamos que vale
  • Life hacks
  • Obrigada pelo interesse!

    Encaminhamos um e-mail de confirmação