1 — Gama Revista
Guilherme Falcão/Getty Images

1

100 contos que representam diferentes idades da vida. A escritora Olivia Byington apresenta com exclusividade na Gama uma prévia de seu novo livro. A seguir, o texto 1

Olivia Byington 03 de Março de 2021

Mamamimi, mamamimi. Ele repetia o dia inteiro. A mãe apaixonada exibia o peito redondo onde quer que estivesse e ele se servia à vontade. Tinha sido assim desde que nasceu e agora ele já falava e andava nas vésperas de completar dois anos de vida. As brincadeiras eram entrecortadas. Mamamimi. A mãe trabalhava bastante, mas como podia ficar em casa escrevendo, o mamamimi se dava também durante o serviço e ela não se importava com a dupla jornada. Pra ela era só felicidade viver a vida com seu mamamimi e seus escritos. Ele se integrava nas conversas e ela vivia a vida enquanto ele se alimentava, ou se divertia ou só sonhava acordado ali no seu mamamimi passando de um peito pro outro. Até que a mãe achou que deveria organizar aquela farra resumindo o mamamimi pra horas restritas. Agiu com determinação porque ela era forte e decidida então explicou pra ele tim tim por tim tim o porque de diminuir o mamamimi. Ele não entendeu logo de cara mas nas primeiras vezes em que a explicação vinha junto com fechar a blusa e tirá-lo do colo o mundo acabou. Era choro pra muito tempo, era berro, era até sufocar. Drama pra ninguém botar defeito. Mas o mamamimi livre já não acontecia. As refeições eram minguadas porque ele às vezes nem entendia o porquê daquela comida sólida e trabalhosa que aparecia na sua frente quando o mamamimi era sua preferência.A rua inteira ouvia, ninguém podia ajudar, mas era assim que ia ser dali pra frente mamamimi só nas horas combinadas. Ele pleiteava enquanto ia se instrumentando para os novos tempos e muitas vezes foi apanhado pensativo sentadinho com a cabeça inclinada pra frente e os olhos mareados. Pensava no que tinha perdido e em como era melhor sua vida antes. Mas de repente chegava a hora combinada e a felicidade voltava. Ele gargalhava emocionado com o peito redondo que surgia de dentro da roupa da mãe e logo pegava no sono. Então ele sonhava que sua vida tinha voltado a ser o que era e que nunca mais ia parar de mamar.

Olivia Byington é escritora, cantora e violonista. Publicou “O Que é Que ele Tem” (Objetiva, 2016). O texto “1” é parte de uma série de contos em que Olivia retrata as diferentes idades da vida — do 0 ao 100. Cinco desses textos serão publicados na Gama durante o mês de março de 2021, como uma prévia desse projeto que em breve ela deve lançar em livro.