Os melhores podcasts da semana em 2020 — Gama Revista

Podcast da semana

Os melhores podcasts da semana em 2020

Paramount Pictures

A cada semana, Gama lança um podcast sobre o tema de sua edição. Já falamos sobre medo, sexo, liberdade, envelhecimento e falta de tempo. Nesta seleção, alguns das melhores entrevistas em áudio de 2020

04 de Janeiro de 2021

A cada semana, Gama traz um bate-papo com um convidado relacionado ao tema da edição publicada aos domingos. Em 2020, os podcasts nos ajudaram a pensar sobre as possibilidades e dilemas de diferentes áreas, como meio ambiente, polarização, diálogo, liberdade, envelhecimento e relacionamentos amorosos. Confira, abaixo, dez entrevistas que nos ajudaram a trazer novos caminhos para compreender o Brasil de hoje e pensar sobre o futuro.

  • 1

    Chegamos no limite?

    Com Ailton Krenak
    Imagem de destaque

    Uma conversa com um dos maiores líderes indígenas do país, Ailton Krenak, sobre limites, confinamento, natureza e destruição. Ele é autor de “Ideias para Adiar o Fim do Mundo” (2019) e de “O Amanhã não está à Venda” (2020), ambos pela Companhia das Letras. Antes do isolamento, Krenak preparava um trabalho para a 34ª Bienal de São Paulo dirigido à educação ambiental das crianças. Direto de sua casa às margens do Rio Doce, ele fala a Gama sobre o ministro Ricardo Salles, explica o que é a sua “desrotina” e avisa que não há limites entre nós e a natureza.

  • 2

    Conseguiu o que queria?

    Com Dominc Barter
    Imagem de destaque

    A comunicação não-violenta é uma prática quase vital em tempos de polarização. Conversamos com Dominic Barter, que é especialista no tema e trabalha com mediação de conflitos e justiça restaurativa. No papo, ele fala sobre como negociar quando o olho no olho foi substituído pelas telas digitais, sobre a importância da escuta e da sinceridade no diálogo e sobre como levar boas conversas com quem pensa muito diferente de você.

  • 3

    Tá com medo?

    Com Eduardo Schenberg
    Imagem de destaque

    O neurocientista Eduardo Schenberg liderou um estudo pioneiro no Brasil que analisou o efeito do MDMA, princípio ativo do ecstasy, para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático grave. O resultado dessa pesquisa foi publicado em 2020 no país. Há anos ele vem investigando o uso de psicodélicos como um caminho para o tratamento de ansiedade, depressão, dependência química e outros transtornos. Entre 2014 e 2015, no Imperial College de Londres, participou do primeiro estudo mundial que mapeou imagens da atividade cerebral sob efeito de LSD. Foi lá também que Eduardo teve contato com a pesquisa com MDMA que vem desenvolvendo no Brasil e sobre a qual falou no podcast.

  • 4

    Como será o amanhã?

    Com Natália Pasternak
    Imagem de destaque

    A bióloga Natália Pasternak falou sobre a vacina contra a Covid-19, o mundo pós-pandemia e o que levaremos de legado daqui para a frente. A cientista, que é doutora em microbiologia pela Universidade de São Paulo, se tornou uma referência no assunto e na divulgação da pesquisa científica de maneira didática e acessível. Esse também vem sendo o seu trabalho no Instituto Questão de Ciência (IQC), voltado para a defesa do uso de evidência científica nas políticas públicas, de onde ela é presidente.

  • 5

    O que será da Amazônia?

    Com Juliano Assunção
    Imagem de destaque

    O tratamento dado ao meio ambiente pelo Brasil aos olhos do mundo, as consequências para sua economia e para a política externa e a relação entre produtividade e proteção dos recursos naturais. É sobre isso e outros assuntos que o economista e professor da PUC-Rio Juliano Assunção fala a Gama. O carioca é doutor em economia e diretor executivo da Climate Policy Initiative, uma consultoria que trabalha para impulsionar o crescimento econômico levando em conta as mudanças climáticas.

  • 6

    O que você tá lendo?

    Com Sérgio Vaz
    Imagem de destaque
    Jairo Goldflus

    Toda terça-feira, há 19 anos, o Sarau da Cooperifa lota o Bar do Zé Batidão, no Jardim Guarujá, bairro da zona sul de São Paulo. Antes da pandemia do novo coronavírus, o poeta Sérgio Vaz mostrava sua produção e abria espaço para que outros fizessem o mesmo por meio da poesia, da música, do debate e da cultura. O paulistano é autor de oito livros e co-criador desse que é um dos eventos mais importantes de poesia na cidade e uma referência também na educação. Nesta conversa, ele fala da Cooperifa, da falta de incentivo à cultura que o país enfrenta e de sua trajetória pessoal. E dá ainda dicas de leitura.

  • 7

    Viu minha mensagem?

    Com Ana Canosa
    Imagem de destaque
    Divulgação

    Neste episódio, a psicóloga e sexóloga Ana Canosa fala de sexo, de relacionamento aberto, das crises e das separações da quarentena. Também indica caminhos para começar conversas pendentes e melhorar a vida amorosa e sexual. Canosa é colunista da UOL, cocriadora do podcast Sexoterapia e autora de quatro livros sobre o tema.

  • 8

    Tá livre?

    Com Christian Dunker
    Imagem de destaque
    Divulgação

    Christian Dunker, psicanalista e professor titular do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, fala sobre a relação entre liberdade e internet e reflete sobre a pergunta: somos mais livres no campo digital? Dunker fala sobre a nova linguagem que a internet criou e sua interferência na liberdade de cada um, em formas de poder e regulação, na relação dos jovens com as redes sociais e como isso pode interferir na saúde mental.

  • 9

    Como envelhecer bem?

    Com Mariza Tavares
    Imagem de destaque
    Divulgação

    A jornalista Mariza Tavares se diz uma “aprendiz da velhice”. Isso porque, ao longo de sua carreira, ela foi se especializando no tema. Em 2015, a carioca foi cocriadora do programa “50 mais”, na rádio CBN. Hoje, é autora do blog Longevidade — Modo de Usar, no G1, que desde o começo da pandemia do novo coronavírus bateu recorde de audiência. Ela também é autora do livro “Longevidade no Cotidiano: a arte de envelhecer bem (Contexto, 2020), em que trata das diferentes frentes para viver essa fase de maneira mais satisfatória.

  • 10

    Tá sem tempo, né?

    Com Izabella Camargo
    Imagem de destaque

    Com o objetivo de entender porque nos sentimos sempre sem tempo e encontrar caminhos para melhorar a nossa relação com o relógio, a jornalista Izabella Camargo lançou o livro “Dá um tempo! Como encontrar limites em um mundo sem limites” (Principium, 278, págs, R$ 32,90). No lançamento, que tem prefácio de Mario Sergio Cortella, ela traz especialistas e ferramentas para melhorar a gestão do tempo. Izabella trabalhou como repórter e apresentadora na Globo, na Band e no SBT. Nesse meio tempo, ela mesma sofreu com a síndrome do burn-out, normalmente causada pela exaustão, e que a jornalista associa ao excesso de trabalho, à dificuldade de ter um dia mais equilibrado e de dizer não pra mais tarefas.

Quer mais dicas como essas no seu email?

Inscreva-se nas nossas newsletters

  • Todas as newsletters
  • Semana
  • A mais lida
  • Nossas escolhas
  • Achamos que vale
  • Life hacks
  • Obrigada pelo interesse!

    Encaminhamos um e-mail de confirmação